Baixe nosso App

  • Ceramica Torees
  • GB Calçados
  • Nilo Motos
  • Moageira
  • Afranio
  • Delrio
  • Dissobel
  • Martins
  • execu
  • A Preferida
  • Guanabara
  • Sanzio
  • Parafusao
  • Lana Construções
  • Sovaril
  • Ponto cimento

Notícias de Sobral

Índice do Ceará no 9º ano cai, mas ainda é o melhor do País

Em cada dez municípios cearenses, sete não conseguiram atingir a meta de Matemática para o 9° ano do Ensino Fundamental na escola pública em 2013. O diagnóstico é do movimentoTodos pela Educação (TPE), que compila resultados da Prova Brasil, aplicada a cada dois anos, e avalia índices de aprendizagem de alunos de escolas públicas municipais, estaduais e federais em Matemática e Língua Portuguesa, no 5º e no 9º ano. Segundo o levantamento, o percentual de escolas que atingiram meta de Matemática para o 9º ano no Ceará caiu de 51,1% em 2011 para 28,3% em 2013. Ainda assim, o índice é o melhor do País.

 

 

Em Língua Portuguesa, o percentual de municípios cearenses que atingiram a meta também caiu no 9º ano. Passou de 79,9% em 2011 para 60,3% em 2013. Apesar da queda, o Ceará fica em segundo lugar no ranking, atrás apenas do Acre. Os números do Ceará são melhores para o 5° ano: 87% municípios alcançaram a meta para Matemática e 78,8% para Língua Portuguesa.

 

A queda nas últimas séries tem raiz em múltiplos fatores. O desinteresse passa pelas mudanças da adolescência e por um ensino dissociado da realidade do aluno, como avalia Ricardo Falzetta, gerente de conteúdo do Todos pela Educação. “Precisa haver uma grande reforma para repensar o currículo, ainda do século 19, e como ele é ensinado aos jovens de hoje”, frisa. Concentrar esforços nestes jovens entre 15 e 16 anos é também estruturar a carreira dos professores, ampliar a educação integral e unificar currículos da rede pública em base comum, opina.

 

Segundo o titular da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), Maurício Holanda, os indicadores não avaliam a evolução média dos alunos e equiparam municípios com realidades distintas. “Falamos de quantas cidades atingem ou não as metas. Mesmo assim, há o alerta em todo o Brasil porque menos municípios conseguem”, enfatiza.

 

Conforme defende, o Ceará tem médias superiores às nacionais devido ao trabalho da Coordenadoria de Cooperação com os Municípios, criada em 2007 para dar suporte técnico e financeiro às cidades, da pré-escola ao 5° ano do Ensino Fundamental. Investir nesta política do 6° ao 9° ano no Ceará é necessário para melhorar o desempenho nas últimas séries, avalia. Outra medida apontada é focar o ensino em tempo integral, além de melhorar a estrutura física e pedagógica das escolas.

 

Saiba mais

 

Todos pela Educação

O movimento Todos pela Educação (TPE) analisa a habilidade dos alunos e estipula uma meta: até 2022, 70% da rede pública deve ter índices de aprendizagem adequada para cada série. O levantamento tem como base resultados da Prova Brasil.

O movimento Todos pela Educação é uma organização civil que monitora, desde 2007, indicadores da educação brasileira.

 

Prova Brasil

A Prova Brasil avalia estudantes do 5° e do 9° ano, promovida a cada dois anos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

As mesmas séries são avaliadas anualmente pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Os índices da escola pública no Ceará estão dentro das metas do Ideb.

 

De 2007 a 2013, o índice do 5° ano passou de 3.5 para 5. Aumento também no 9° ano: de 3.3 para 4.1.

Player

Radio Popup

"

Temos 96 visitantes e Nenhum membro online