Baixe nosso App

  • Ceramica Torees
  • Parafusao
  • Sanzio
  • Moageira
  • Delrio
  • GB Calçados
  • Nilo Motos
  • execu
  • Afranio
  • Ponto cimento
  • A Preferida
  • Guanabara
  • Dissobel
  • Lana Construções
  • Martins
  • Sovaril
Super User

Super User

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (19), as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O procedimento deve ser feito pela internet, no site do Sisu, até o dia 22. Podem participar aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e não tiraram nota 0 na redação. No Ceará, UFC, UFCA, […]

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (19), as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O procedimento deve ser feito pela internet, no site do Sisu, até o dia 22. Podem participar aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e não tiraram nota 0 na redação. No Ceará, UFC, UFCA, IFCE, Uece e Unilab ofertam, juntas, 10.749 vagas.

A UFC ofertará no SiSU 2015 um total de 6.238 vagas em 106 cursos de graduação presencial nos seus campi de Fortaleza, Sobral, Quixadá, Russas e Crateús. Em relação a 2014, estão sendo ofertadas 580 vagas a mais pela Instituição, um aumento de 10,25%.

No Instituto Federal do Ceará (IFCE) são 2.060 vagas, distribuídas em 34 cursos de graduação e 19 campi da instituição. A Universidade Estadual do Ceará (Uece) adere, pela primeira vez, ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU), oferecendo 1050 vagas em seus cursos, distribuídos nos campi de Fortaleza, Crateús, Itapipoca, Iguatu, Limoeiro do Norte, Quixadá e Tauá. Todas as suas vagas estão destinadas a estudantes que realizaram integralmente o Ensino Médio em escolas públicas, de acordo com a Lei nº 12.711/2012 (Lei de Cotas).

 

Nos campi da Unilab no Ceará estão sendo ofertadas 421 vagas para os cursos de bacharelado em Administração Pública, Agronomia, Enfermagem, Engenharia de Energias, Humanidades e para os cursos de licenciatura em Ciências Biológicas, Física, Letras-Língua Portuguesa, Matemática e Química.

Já a UFCA dispõe de 980 vagas, com maior destaque para o curso Interdisciplinar em Ciências Naturais no município de Brejo Santo, com 200. Já Medicina disponibiliza 80 vagas.

Neste ano, haverá apenas uma chamada. Os demais processos tiveram duas chamadas regulares. O resultado será divulgado no dia 26 (INFOGRÁFICO: Dinho Rodrigues/Agência Brasil)

 

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Cultura e do Turismo, divulgou nesta segunda-feira, 17 de novembro, Edital de Concurso que premiará os melhores registros fotográficos e de vídeos produzidos em celular, com o tema “O Meu Metrô”. As três melhores fotografias e os três melhores vídeos receberão a premiação no valor de R$ 1.500,00 (1º lugar); R$ 1.000,00 e R$ 500,00 (3º lugar).

As inscrições podem ser feitas até o dia 17 de dezembro pela Internet no endereço www.sobral.ce.gov.br/site_novo/sec/cultura/index.php . Ao imprimir a ficha de inscrição o participante deve entregá-la na Secretaria da Cultura, que funciona na Casa da Cultura de Sobral, juntamente com arquivo digital contendo, no máximo 03 (três) fotografias e/ou 01 (um) vídeo produzido em aparelho celular, de sua autoria.


“O Concurso é uma iniciativa inovadora para avaliação, sob a perspectiva do usuário, de um equipamento direcionado à melhoria da mobilidade urbana, que oferece conforto e segurança”, afirma a Secretária da Cultura, Eliane Leite. Saiba mais: (88) 3611-2712.

Leia o Edital do Concurso AQUI

Ficha de Inscrição AQUI 

Terça, 18 Novembro 2014 19:11

Circuito Sobralense de Vôlei de Areia

Nos dia 15 e 16 de novembro foi realizado, na Arena do Parque Lagoa da Fazenda, o Circuito Sobralense de Vôlei de Areia, promovido pela Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria do Esporte. O evento teve a participação de 12 duplas.

As duplas finalistas foram Laerte Beco e Dheyno Farias e Jefferson Belarmino e Ivan Mário. A dupla do sobralense Laerte Beco, também eleito o melhor atleta da competição, e do varjotense Dheyno Farias venceu com placar de 2 sets a 1.


No próximo final de semana, de 21 a 23 de novembro, será realizado o Circuito Sobralense de Voleibol indoor no Ginásio Poliesportivo Plínio Pompeu, que reunirá 10 equipes na disputa.


As duplas finalistas do Circuito Sobralense de Vôlei de Areia, Laerte Beco e Dheyno Farias e Jefferson Belarmino e Ivan Mário receberam troféus do Secretário de Esporte de Sobral, Rosaldo Freire.

Como ensinar Ciências Naturais para crianças de uma forma divertida? Como chamar atenção dos ”pequenos” para esse tipo de aprendizado? Foi pensando numa forma interessante de transmitir esses conhecimentos para os aprendizes, que o professor substituto do Departamento de Biologia da UFC, Diego Adaylano Monteiro Rodrigues, criou o projetoExperiências formativas com divulgação científica: Novos saberes ao estudar e ensinar ciências” que  foi um sucesso.

IPECrianças

O projeto, que virou uma revista, foi criado para instigar crianças de 8 a 12 anos na busca pelo saber e para promover a construção do conhecimento tendo o raciocínio científico como principal motivador. A ideia da revista foi criada pelo professor logo que ele assumiu a disciplina. A professora anterior pedia para os alunos produzirem textos de divulgação científica, mas os textos ficavam com ela. Depois de passar no concurso e assumir a disciplina, Diego Rodrigues adaptou essa atividade em um formato no qual o público pudesse ser atingido.

A IPECrianças continua e se tornou uma atividade da disciplina. Ao todo, participaram 80 alunos do primeiro semestre, desde 2013, e 10 monitores do Laboratório de Ensino de Biologia (LEBIO), que auxiliam na atividade. A próxima edição da revista já está sendo produzida. O professor conta um pouco de como é o processo de criação. “Como é uma atividade sem custos, não é algo difícil de realizar, de produzir. No entanto, as discussões  anteriores à produção da revista são essenciais, são nestas discussões que os alunos ficam motivados para realizar os trabalhos e compreendem como a imagem da ciência é popularizada”.  A revista não tem fins lucrativos, é um exercício de produção textual na disciplina que depois se transforma em uma ação  e divulgação científica para crianças.

Projetos

A revista foi criada para instigar crianças de 8 a 12 anos na busca pelo saber

A revista foi criada para instigar crianças de 8 a 12 anos na busca pelo saber

Os projetos foram desenvolvidos pelos alunos, que escolheram um problema e um público alvo,  além de produzirem um produto palpável, tais como animações, modelos, blogs, etc. A mediação  desta produção acontece no Facebook e em sala de aula,  com a  orientação do professor e com a ajuda dos monitores da disciplina.  Os projetos sempre existiram na disciplina, mas esta mediação usando a rede social não era comum, assim como o desenvolvimentos de projetos com uso de tecnologias, como a criação de objetos virtuais de aprendizagem. “Estes momentos foram importantes pra repensarmos nossos papéis como divulgadores da ciência”, destaca Diego.

O trabalho premiado relata o desenvolvimento dos temas Divulgação Científica (DC) e Alfabetização Científica na disciplina Instrumentalização para o Estudo da Ciência I, onde os alunos analisaram como a imagem da ciência e do cientista é popularizada. Para estimular esta análise, foram realizadas dinâmicas, discussões, indicações de livros e sites de DC, comentários sobre filmes e excursões à Seara da Ciência (museu interativo de DC em Fortaleza).

Experiência dos alunos

Os projetos foram desenvolvidos pelos alunos, que escolheram um problema e um público alvo,  além de produzirem um produto palpável, tais como animações, modelos, blogs, etc.

Os projetos foram desenvolvidos pelos alunos, que escolheram um problema e um público alvo, além de produzirem um produto palpável, tais como animações, modelos, blogs, etc.

Uma das alunas que participaram da revista, Carollina Gurgel, conta como foi a experiência. “Foi um desafio divertido, que exigiu bastante criatividade, pois tratava-se de produzir um texto que atraísse a atenção das crianças não só através do conteúdo, mas também pelas cores, pelo título do artigo e pelas imagens”.

O aluno Paulo Ricardo Santos diz quais foram as dificuldades. “Nos deparamos com problemas sobre como abordar o assunto numa linguagem mais leve, própria para crianças”. Segundo ele, no final de tudo, o saldo foi proveitoso para superar dificuldades, além do ganho de mais conhecimento e experiência na área de divulgação científica.

Para a aluna Adriana Cavalcante de Morais, apesar das complicações iniciais para formar uma ideia, a produção trouxe diversos frutos positivos. “Nosso trabalho impactou e nos rendeu um artigo que foi apresentado no ENEBIO, em São Paulo. Em breve pretendemos fazer um livro”.

Prêmio Professor Rubens Murillo Marques

Pelo quarto ano consecutivo, a Fundação Carlos Chagas (FCC) realizou o Prêmio Professor Rubens Murillo Marques, que tem como objetivo valorizar e premiar as melhores experiências educativas realizadas por docentes de Licenciatura em todo o país. Os autores dos dois projetos mais inovadores recebem  um prêmio no valor de R$ 30 mil, diploma e troféu da FCC, além de terem seus trabalhos publicados no site da instituição e na coleção intitulada Textos FCC.

O professor Diego Adaylano Monteiro foi um dos vencedores e conta como foi receber o prêmio. “O prêmio é importante para mim, pois sou professor substituto e estou terminando meu contrato em dezembro deste ano. Assim, é o reconhecimento do que fiz, e um estímulo para minha formação como educador, já que entrei há pouco tempo na pós- graduação em Educação (UFC)”.

O concurso do prêmio foi nacional e Diego foi o segundo professor de uma Instituição de Educação Superior (IES) do Nordeste a ganhar este prêmio e o primeiro ex-bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). “É o reconhecimento de que as experiências que desenvolvi para a disciplina  foi vivenciada  de forma reflexiva pelos meus alunos, a ponto de estimulá-los a criar novas práticas sobre divulgação científica”, destaca Diego.

Todas as chances para o azar foram dadas e ele não aproveitou. O Ceará cansou de tropeçar, mas contou com a colaboração dos adversários para chegar à 36ª rodada da Série B no G-4 e dependendo somente de si para conquistar o tão sonhado acesso ao Brasileirão que, por vezes, pareceu perdido. Convencido de que tudo conspira a favor, o Ceará entra em campo hoje contra o ABC, a partir das 20h50min (horário de Fortaleza), na Arena das Dunas, em Natal.

Além da 4ª posição, a vitória por 2 a 0 sobre o Vasco trouxe de volta ao torcedor alvinegro a sensação de que a promoção é algo ainda provável. Um triunfo sobre o ABC pode ratificar o Vovô como favorito à vaga restante ao acesso, faltando então só mais duas rodadas a disputar.

Outro ponto que faz o jogo de hoje ganhar importância é a própria tabela alvinegra. Lutando para não cair, o ABC é o único dos adversários do Ceará nesta reta final que ainda briga por alguma coisa na Série B. Na sequência da competição, o time de PC Gusmão enfrenta em casa a lanterna e já rebaixada Portuguesa e joga na última rodada fora contra o Luverdense, 12º colocado e sem maiores aspirações na competição.

A tendência é que PC Gusmão repita a escalação utilizada contra o Vasco. Ele não esconde que essa é sua formação preferida - com Ricardinho na meia e Michel e João Marcos como volantes.

PC não poderá contar com Lulinha, que entrou no decorrer do jogo contra o Vasco, mas que está vetado após sentir dores na coxa direita. Já Eduardo, antes entregue ao Departamento Médico, está à disposição de PC e deve ser o reserva imediato de Assisinho.

ABC CONTRA QUEDA
Na 14ª posição com 42 pontos, o ABC calcula que precisa de mais três para se livrar da degola. Pensando na vitória, a diretoria abecedista pôs à venda ingressos a R$5 para tentar encher a Arena das Dunas. Ao contrário do Ceará, o clima no time potiguar é de tensão após uma derrota para o Vasco e um empate contra a Portuguesa que fizeram o time flertar com a queda.

SÉRIE B 2014

ABC

GILVAN, MADSON, SUELITON, DIEGO JUSSANI, SAMUEL, FÁBIO BAHIA, MARCEL, RONALDO MENDES, DANIEL AMORA, RODRIGO SILVA E JOÃO PAULO
TÉCNICO: ROBERTO FONSECA

CEARÁ
LUÍS CARLOS, SAMUEL XAVIER, SANDRO, DIEGO IVO, VICENTE, MICHEL, JOÃO MARCOS, RICARDINHO, ASSISINHO, BILL E MAGNO ALVES
TÉCNICO: PC GUSMÃO

Local: Arena das Dunas, em Natal - RN
Data: 18/11/2014
Horário: 20h50min (horário de Fortaleza)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Aelson Mariano Campelo Gomes (MA)
Transmissão: PFC e Rádios O POVO/CBN (FM 95,5 E AM 1010)

 
Ler 0 vezes
 
 
 

Foi um jogo sofrido, mas o Basquete Cearense assegurou, ontem à noite, a primeira vitória da temporada 2014/2015 do Novo Basquete Brasil (NBB). O time comandado pelo técnico Alberto Bial superou o Minas Tênis (MG), no ginásio Paulo Sarasate, pelo placar de 71 a 65.

O jogo valeu pela 3ª rodada do NBB7. Nos dois primeiros confrontos, contra Franca e Bauru, no interior paulista, o Basquete Cearense não teve bom desempenho e saiu derrotada de quadra. Para o Franca Basquete, o placar foi de 90 a 66, e para o Paschoalotto/Bauru, por 99 a 81.

O próximo adversário do Basquete Cearense será o Uberlândia (MG), amanhã, novamente no Paulo Sarasate. A partida acontece às 19 horas (de Fortaleza).

O adversário de amanhã vem de duas derrotas nas rodadas iniciais. Perdeu na estreia para o Mogi das Cruzes por 90 a 80 e na sequência para o São José, de 80 a 52.

Com a primeira vitória assegurada ontem diante da torcida, o técnico Alberto Bial se mostra confiante em chegar ao segundo triunfo na competição: “Tenho certeza que estamos no caminho certo. Melhoramos nessa partida e vamos buscar outro bom resultado na quinta-feira jogando em casa”.

Na partida de ontem, os maiores destaques da equipe cearense em quadra foram o ala/armador Rashaun e o armador Davi. Os dois foram os cestinhas do Basquete Cearense na partida, com 24 e 23 pontos, respectivamente, e tiveram participação decisiva para que o time local saísse com a primeira vitória na competição.

Sem contar com os jogadores que atuam no Brasil, o técnico Dunga priorizou manter a base do time formado a partir de agosto e, pelo menos em um primeiro momento, não promoverá muitos testes. O time que iniciará a partida contra a Turquia, nesta quarta-feira, às 16h30, em Istambul terá duas mudanças apenas em relação à equipe que conquistou 100% de aproveitamento nos quatro primeiros compromissos.

Dos nove nomes chamados pela primeira vez pelo treinador, apenas dois deles ganharam a chance como titular. Diego Alves e Luiz Adriano serão observados nas vagas de Jefferson e Diego Tardelli, não convocados para os dois últimos amistosos do ano.

Desde o primeiro compromisso no retorno de Dunga, o novo comandante fez questão de promover uma mudança gradual após a desclassificação na Copa do Mundo. A partir da vitória contra a Colômbia, em agosto, ele definiu uma base no sistema 4-2-3-1 e, desde então, procurou garantir o entrosamento dos titulares.

Com quatro vitórias e nenhum gol sofrido, o técnico projeta concluir o primeiro semestre invicto e com uma noção do time que entrará para jogar a Copa América, em junho, no Chile. Até lá serão apenas mais dois amistosos, em março.

E para manter o atual aproveitamento, Dunga cobra seriedade do grupo diante de um jogo difícil na visão do treinador. Ele cita os confrontos na Copa do Mundo de 2002 para justificar o argumento.

- Sem dúvida, foram dois jogos importantes e difíceis em 2002. No atual momento, a Seleção turca tem um trabalho mais longo do que a Seleção. Será difícil porque os dois times têm jogadores de ótima qualidade - destacou Dunga.

FICHA TÉCNICA

BRASIL X TURQUIA

DATA/HORÁRIO: 12/11/2014, às 16h30 de Brasília
LOCAL: Sükrü Saracoglu Stadium, Istambul (Turquia)
JUIZ: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)
ASSISTENTES: Abdukhamidullo Rasulov (Uzbequistão) e Hais Ozkahya (Turquia)

TURQUIA: Volkan Demirel; Gökhan Gönül (Tarik Çamdal), Bekir Irtegün, Mehmet Topal e Caner Erkin; Ozan Tufan, Selçuk Inan ; Gökhan Töre, Arda Turan e Olcay Sahan; Burak Yilmaz. TÉC: Fatih Terim

BRASIL: Diego Alves, Danilo, Miranda, David Luiz, Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho, Oscar, Willian, Neymar; Luiz Adriano. TÉC: Dunga

 
Ler 0 vezes
 
 
 

Chegou o dia! Logo mais, às 22h, no Independência, Atlético e Cruzeiro iniciam o primeiro dos dois duelos mais importantes da história do clássico mineiro. Acostumados a decidirem títulos estaduais, esta será a primeira vez que Galo e Raposa estarão em uma final a nível nacional. Tudo isso no momento em que Minas Gerais serve como referência do bom futebol praticado no Brasil. Frio na barriga? Como dizem os mineiros, “cresce demais da conta!”.

- Dessa vez, a pressão é maior, muito maior. É um jogo que todo jogador sonha. Só de entrar no estádio já vai dar o frio na barriga. Mas acho que isso é normal, pela dificuldade do jogo e pelo tamanho dos dois clubes - diz Maicosuel, hoje atleticano, mas que já vestiu a camisa estrelada nas temporadas de 2007 e 2008.

De um lado, o Cruzeiro chega ao clássico com o toque de bola mais refinado e a técnica mais apurada. O histórico na Copa do Brasil também pesa a favor da Raposa. Em contrapartida, a entrega diferente e o coração estão à flor da pele no lado atleticano após duas mostras de que o impossível não existe para o Galo. A invencibilidade contra o rival no Horto é o principal ingrediente para os alvinegros tentarem sair na frente.

Com tantos detalhes, vale arriscar algum palpite?

- É um jogo que pode deixar cada jogador marcado para sempre. Se tiver que deixar a vida em campo, é o cada um aqui vai fazer – resumiu Marcelo Moreno, do Cruzeiro.

MAIS:
> Atlético-MG x Cruzeiro: quem é melhor, posição por posição?
> Kalil, sobre impasse de ingressos: 'estou c... para o Cruzeiro'
> Por conta de dívidas, Justiça bloqueia renda do primeiro jogo
> Alexandre Mattos diz que Cruzeiro vai processar o rival
> Torcedores da Raposa poderão ver final em casa de show, em BH

Na lembrança dos atleticanos, os 4 a 0 de 2007, com o goleiro Fábio tomando gol de costas, seriam uma reescrita perfeita para uma caminhada memorável. Já na cabeça dos cruzeirenses, como não esquecer os dois 5 a 0, sendo um deles em pleno centenário alvinegro. Fato é que desde a decisão pelos locais dos jogos até a disputa por ingressos, o clássico mineiro deverá pegar fogo dentro e fora de campo. As apostas estão lançadas. Que digam os capitães. Um deles levantará a taça no próximo dia 26.

- Jogaço. O clássico dos classicos. Muita coisa vai acontecer e muita coisa boa. Estamos nos preparando muito para colher bons resultados e o título – disse Leonardo Silva.

- Temos a oportunidade de fazer o nosso máximo e entrar de forma inesquecível para a história do Cruzeiro. Essa é a motivação – foram as palavras de Fábio.

Será realizado de 14 a 16 de novembro, no Centro de Convenções, o 1º Startup Weekend Sobral. O evento conta com apoio da Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Tecnologia e Desenvolvimento Econômico (STDE) e terá 54 horas de duração, quando empreendedores, desenvolvedores, designers e entusiastas compartilharão ideias, formarão equipes e criarão startups. O evento é reconhecido mundialmente, edições realizadas em quase 500 cidades de mais de 90 países.

Startup Weekend Sobral terá início na noite de sexta-feira, com palco aberto para os participantes compartilharem suas ideias e inspirarem outros a se juntarem a suas equipes. As propostas mais votadas são escolhidas. Saiba mais:3611-5833.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 1332/03, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que regulamenta a criação e o funcionamento das guardas municipais, permitindo o uso de arma de fogo nos casos previstos no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03).

O texto aprovado é o de uma subemenda do relator pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, deputado Fernando Francischini (SDD-PR), que incorporou negociações com os partidos e o governo. A matéria será enviada ao Senado.

Nos termos do Estatuto do Desarmamento, o porte de arma aos guardas municipais será permitido nas capitais dos estados e nos municípios com mais de 500 mil habitantes; e em cidades com mais de 50 mil e menos de 500 mil habitantes, quando em serviço.

O direito ao porte de arma poderá ser suspenso em razão de restrição médica, decisão judicial ou por decisão do dirigente com justificativa.

Efetivo total
Segundo o texto, a guarda municipal não poderá ter efetivo maior que 0,4% da população do município com até 50 mil habitantes. Nas cidades com população maior que 50 mil pessoas e menor que 500 mil, o efetivo mínimo será de 200 guardas; e o máximo, de 0,3% da população. Para municípios com mais de 500 mil habitantes, o índice máximo será de 0,2% da população.

Se houver redução de habitantes, o tamanho da guarda será preservado, mas a lei municipal deverá prever seu ajuste posterior.

O projeto, que ficou conhecido como Estatuto Geral das Guardas Municipais, também permite a existência das guardas por meio de consórcio em cidades limítrofes.

Se virar lei, a proposta se aplicará a todas as guardas municipais existentes, que terão dois anos para se adaptar.

Competências
Segundo o texto aprovado, a competência geral das guardas municipais é a proteção dos bens, serviços, ruas públicas e instalações do município.

Entre as competências específicas, destacam-se: cooperar com os órgãos de defesa civil em suas atividades; colaborar com os órgãos de segurança pública, inclusive em ações preventivas integradas; e atuar com ações preventivas na segurança escolar. Entretanto, as guardas municipais não podem ser sujeitas a regulamentos disciplinares de natureza militar.

O guarda municipal poderá intervir preliminarmente em situação de flagrante delito; encaminhando à delegacia o autor da infração.

Requisitos
A criação de guarda municipal deverá ocorrer por lei, e os servidores deverão ingressar por meio de concurso público. Para ingressar na guarda, o candidato deve ter nacionalidade brasileira; nível médio completo; e idade mínima de 18 anos.

O texto exige curso de capacitação específica do servidor, permitindo ao município a criação de órgão de formação, treinamento e aperfeiçoamento.

Poderá haver ainda convênio com o estado para a manutenção de um órgão de formação centralizado, que não poderá ser o mesmo de forças militares. A associação em consórcio também é permitida.

Corregedoria
Em municípios nos quais a guarda tenha mais de 50 servidores e naqueles em que se use arma de fogo, o texto determina a criação de uma corregedoria para apurar as infrações disciplinares.

Todas as guardas deverão possuir ouvidoria independente para receber, examinar e encaminhar reclamações, sugestões e denúncias.

Poderá ser criado um órgão colegiado para exercer o controle social das atividades de segurança do município, analisando a alocação e a aplicação dos recursos públicos com o objetivo de monitorar os objetivos e metas da política municipal de segurança.

Confira outros pontos do Estatuto Geral das Guardas Municipais:

- a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) reservará às guardas o número 153 e uma faixa exclusiva de frequência de rádio;

- o guarda municipal terá o direito a prisão especial antes de condenação definitiva;

- a estrutura hierárquica da guarda municipal não poderá usar denominação idêntica às das forças militares quanto aos postos e graduações, títulos, uniformes, distintivos e condecorações;

- as guardas municipais deverão usar, preferencialmente, uniforme e equipamentos padronizados na cor azul- marinho;

- será permitido o uso de outras denominações consagradas pelo uso, como “guarda civil”, “guarda civil municipal”, “guarda metropolitana” e “guarda civil metropolitana”.

Página 81 de 81

Radio Popup

"

Temos 37 visitantes e Nenhum membro online