Baixe nosso App

  • Dissobel
  • A Preferida
  • Parafusao
  • Lana Construções
  • Delrio
  • Guanabara
  • Ponto cimento
  • Sovaril
  • Afranio
  • GB Calçados
  • Martins
  • execu
  • Sanzio
  • Moageira
  • Ceramica Torees
  • Nilo Motos
Super User

Super User

Sobral está entre as cidades brasileiras com maior potencial de desenvolvimento, no setor de Governança (8º) e Saúde (9º). Foi o que apontou o Ranking Connected Smart Cities – ‘Cidades do futuro’, desenvolvido pela Urban Systems em parceria com a Sator. Para o levantamento foram usados 70 indicadores coletados em banco de dados de organismos nacionais como Ministérios, Secretarias, Agências Reguladoras, entre outros.

A Princesa do Norte aparece em 8º lugar no item ‘Governança’, responsável pela qualidade de um governo e por consequência, o desenvolvimento de seu município. Para este indicador foram analisados 13 indicadores de 8 diferentes setores, como índice Firjam, índice Gini, e qualificação do poder executivo, com foco no desenvolvimento econômico e no cuidado, e zelo com o social e ambiental, formando o tripé do desenvolvimento sustentável: econômico, social e ambiental.

No indicador ‘Saúde’, Sobral figura em 9º lugar no Brasil, considerando a oferta de espaços (número de leitos por habitantes), índice de desempenho do SUS, número de médicos por habitantes, formação da mão-de-obra para o setor, cobertura populacional da equipe de saúde da família, além de itens que geram saúde ou evitam o desenvolvimento de doenças, como a cobertura do sistema de coleta de resíduos.

Fonte: Blog de Sobral

Diante do Londrina na noite desta terça-feira, 7, o Ceará conquistou mais um importante triunfo na caminhada da Série B. A vitória por 1 a 0, com mais um gol de Rafael Costa, aproximou o time do G-4 da competição e manteve a sequência positiva do Alvinegro.

De volta ao time titular nas últimas partidas, o atacante Bill comentou que a equipe "ainda vacila um pouco" e que precisa acertar "alguns detalhes". Mesmo assim, o atleta analisou positivamente a atuação e destacou a dificuldade em garantir bons resultados na Segundona.

"Todo mundo sabe que jogar na Série B, todo jogo é pegado. É luta até o final e hoje não foi diferente, mas a equipe teve tranquilidade e paciência para chegar ao primeiro gol".

O jogador também ressaltou a melhora do grupo na marcação da saída de jogo do adversário. Novamente formando dupla de ataque com Rafael Costa, ele explica que os dois desempenham o papel de iniciar a pressão quanto o oponente recupera a posse de bola.

"Tá progredindo na pegada ali na frente. Tanto eu quanto o Rafael, estamos marcando pra bola chegar bem espirrada para os zagueiros. Esse trabalho que a gente tem feito tem ajudado bastante a nossa defesa", analisou.

O próximo compromisso do Ceará pelo certame nacional será neste sábado, 11, às 21 horas, diante do Luverdense. O Vovô ocupa a 6ª posição, com 13 pontos. Mesma pontuação de Náutico e Criciúma, que estão, respectivamente, na quarta e quinta colocações.

Fonte: O Povo

Dois atletas cearenses subiram ao lugar mais alto do pódio nos Estados Unidos. Durante o Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF (Internacional Brazilian Jiu-Jitsu Federation) realizado em Long Beach, no estado da Califórnia, João Gabriel Batista de Sousa e Victor Hugo Costa Marques, conquistaram o primeiro lugar com a faixa roxa. Gabriel na categoria galo e Victor na categoria superpesado e no absoluto (que contempla todos os pesos dessa faixa).

Gabriel conseguiu a medalha de ouro ao disputar a final da sua categoria com o americando Deandre Corbe. Já Victor primeiro se consagrou campeão em sua categoria ao derrotar o húngaro Kristóf Szucs. Em seguida, na disputa do peso aberto, o lutador mais uma vez mostrou sua força ao superar o brasileiro Fábio Angnes Alano e ficar com o ouro novamente.

Victor Hugo, após dez lutas (onde ele finalizou seis e ganhou quatro por pontos), conquistou as duas medalhas no Mundial de 2016

 O POVO Online conversou com os vencedores, seus treinadores e familiares sobre as conquistas e as lutas enfrentadas diariamente por eles.

João Gabriel é morador na comunidade Morro do Ouro, no bairro Jacarecanga. O jovem de 19 anos é de família humilde. Mora com a mãe Maria Lúcia e quatro irmãos. Mesmo tendo praticado vários esportes, como atletismo, futsal, capoeira e judô, foi no Jiu-Jitsu que ele se encontrou. “Nunca tive talento, porém sempre investi em muitos treinos”, afirma o rapaz.

Antes de chegar ao Jiu Jitsu, Gabriel passou por vários esportes

Cris Emanuela Sousa, uma das irmãs, conta que ele conheceu o Jiu-Jitsu por intermédio do irmão mais velho, Haroldo, que já treinava em um projeto social no bairro.

Segundo a irmã, Gabriel começou a treinar bem novo e, depois que ganhou a primeira faixa, começou a se interessar mais e mais pelo esporte. “Ele estudava e treinava. Depois começou a ir atrás de patrocínio, porque nós não temos condições de arcar com os custos dos campeonatos”, disse Cris.

Victor Hugo compartilha com Gabriel algumas semelhanças. Eles, que possuem a mesma idade, moram no Jacarecanga e já tiveram experiências anteriores com outros esportes. Encontraram no Jiu-Jitsu uma oportunidade de crescimento.

“Sempre pratiquei algum esporte, mas nunca me dei bem em nenhum. Quando conheci o Jiu-Jitsu vi que não era tão talentoso, então busquei me destacar pelo esforço e, com o passar do tempo, esse esforço foi dando frutos. É muito prazeroso colher os frutos que você vem plantando arduamente todo dia”, disse Victor.

Ele divide sua rotina de atleta com a faculdade de Nutrição e mora com os pais, Marcos Robério e Auricélia.

Obstáculos
“As dificuldades são diárias: manter uma alimentação saudável, suplementação, conseguir passagens aéreas e terrestres para ir até as competições em outros estados e países.” Gabriel lista vários obstáculos enfrentados pelos atletas que buscam se sobressair dentro do esporte. O jovem ainda desabafa. “Nunca tive incentivo algum da Secretaria de Esportes ou do Governo, mas eu consigo seguir em frente com minha família e amigos da academia, além de muitas pessoas que gostam de ajudar o próximo de coração.”

Ricardo Costa, treinador de Victor, ainda explica que “para essa última viagem ele [Victor] passou quase dois anos juntando o dinheiro que ele ganha nas competições”, reforçando que os campeonatos envolvem muitos custos e que por falta de apoio financeiro o lutador precisa contar também com a ajuda de amigos. “Fizemos aulões na academia para arrecadar dinheiro”, acrescenta.

 Para conseguir viajar, Victor contou com a ajuda de família, amigos, pequenos patrocínios

 “Vivemos num país onde o esporte não é muito valorizado, e por incrível que pareça é sede das Olimpíadas”, avalia o pai de Victor. Ele afirma que está “ocorrendo um êxodo de atletas cearenses para as regiões sul e sudeste do país, e até mesmo para fora do Brasil. Tudo isso pela falta de apoio aos nossos atletas cearenses.”

A Família: apoio e reconhecimento
Victor conta como é importante a presença de seus pais na sua rotina. “Minha família me apoia muito e como pode. Eles [mãe e pai] se adaptaram a minha rotina de atleta, na alimentação, nos treinos e até me acompanham na preparação física. Sempre acreditaram em mim e posso dizer que são meu porto seguro”, declara ele.

"A conquista dele foi a primeira realizada por um cearense”, fala todo orgulhoso o pai de Victor.

 "São meu porto seguro", diz Victor sobre seus pais

 "Nós incentivávamos pouco, porque pensávamos que era apenas uma brincadeira”, explica a irmã de Gabriel sobre o apoio da família. “Mas ele nunca parou por causa do seu empenho, da sua dedicação. Ele foi ganhando as medalhas e querendo sempre mais”, completa.

E Gabriel apenas reforça.  “Sem eles [família] não conseguiria me manter no esporte. Eles me ajudam financeiramente, no meu psicológico. Devo tudo a eles.”

A irmã de Gabriel garante que ele é motivo de orgulho para a família toda e se emociona ao falar dele. “É fantástico, ele é nossa inspiração. É prova de que a superação pode acontecer. Não é porque a gente vem de uma família humilde que não possamos melhorar.”

O olhar do treinador
Ricardo e Victor treinam juntos na academia de Ricardo, a DBK Jiu-Jitsu. A parceria começou há cerca de cinco anos quando o atleta chegou lá levado por seu pai. “No começo ele não levava o esporte muito a sério, mas depois começou a ver um futuro no esporte e passou a se dedicar mais”, disse o treinador.

Jefferson Teixeira é treinador de Gabriel há cerca de oito anos. Ele explica que o lutador chegou até a sua academia, Gracie Barra Fortaleza Sul, através de um projeto social, o ‘Jiu-Jitsu em Boa Companhia’, por se destacar no esporte.

O treinador de Gabriel reconhece todo seu esforço para alcançar seus objetivos

 “Gabriel é um caso a parte em relação a juventude. Ele é muito disciplinado, treina todo dia e eu não precisa chamar sua atenção. Ele é muito dedicado e se esforça por tudo. Ele faz rifa para arrecadar dinheiro, porque não tem patrocínio. Nas competições, tudo é muito caro”, conta Jefferson sobre o que faz ele ser merecedor de suas conquistas.

Conquistas
No Jiu-Jitsu, os dois atletas conquistaram títulos importantes nas suas respectivas categorias.

Em 2016, João Gabriel foi vice-campeão brasileiro, campeão pan-americano e, depois das cinco lutas disputadas por ele no Mundial de Jiu-Jitsu pela IBJJF (onde ele finalizou uma e ganhou as outras quatro por pontos), se tornou campeão mundial. E em 2015, foi vice-campeão mundial, campeão brasileiro e vice-campeão sulamericano.

Victor Hugo foi duas vezes campeão brasileiro (2015/2016), uma vez campeão sulamericano, e agora campeão mundial após dez lutas (onde ele finalizou seis e ganhou quatro por pontos). Todos os títulos conquistados na “principal confederação do esporte”, de acordo com ele. Já nas confederações menores, ele é bicampeão mundial, tetracampeão brasileiro e tricampeão pan-americano.

João Gabriel, depois das cinco lutas disputadas no Mundial de Jiu Jitsu pela IBJJF

(onde ele finalizou uma e ganhou as outras quatro por pontos), se tornou campeão mundial

Fonte: O Povo

A criação dos Núcleos de Estimulação Precoce nas policlínicas do Estado foi articulada pela primeira-dama do Ceará, Onélia Leite Santana. A iniciativa é uma parceria do Governo do Estado, do Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), programa de extensão da Universidade Federal do Ceará (UFC), e dos municípios

 ARI3821 webA Policlínica de Sobral receberá o Núcleo de Estimulação Precoce inaugurado pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (9). Este é o 4º Núcleo de Estimulação Precoce que será entregue à população com o objetivo de atender crianças com distúrbios do desenvolvimento neuropsicomotor, como a microcefalia, paralisia cerebral, entre outros. A primeira-dama do Estado, Onélia Leite Santana; a vice-governadora Izolda Cela e a secretária executiva da Saúde, Lilian Amorim, participarão da inauguração.

O Núcleo de Estimulação Precoce na Policlínica de Sobral está na 11ª Região de Saúde e engloba os municípios de Sobral, Alcântaras, Cariré, Catunda, Coreaú, Forquilha, Frecheirinha, Graça, Groaíras, Hidrolândia, Irauçuba, Ipu, Massapê, Meruoca, Moraújo, Mucambo, Pacujá, Pires Ferreira, Reriutaba, Santana do  ARI3975 webAcaraú, Santa Quitéria, Senador Sá, Uruoca e Varjota. Dez Núcleos de Estimulação Precoce já foram implantados pelo Governo do Estado em 2016. As policlínicas que estão com o serviço implantado e em atendimento são: Caucaia, Barbalha, Russas, Sobral, Baturité, Camocim, Tianguá, Crateús, Limoeiro e Pacajus. O serviço funciona nas policlínicas regionais do Ceará com equipe multidisciplinar formada por fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo e pediatra ou neuropediatra.

 ARI3907 webA criação dos Núcleos de Estimulação Precoce nas policlínicas do Estado foi articulada pela primeira-dama do Ceará, Onélia Leite Santana. A iniciativa é uma parceria do Governo do Estado, do Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), programa de extensão da Universidade Federal do Ceará (UFC), e dos municípios. O Nutep capacita e acompanha o atendimento dos profissionais durante este ano. Os Núcleo de Barbalha e Caucaia já foram inaugurados.

Serviço

Inauguração do Núcleo de Estimulação Precoce da Policlínica de Sobral

Onde: Policlínica Regional em Sobral - Av. Monsenhor Aluísio Pinto, s/n, Dom Expedito
Quando: 09/06/16
Horário: 10 horas
Fonte: Governo do Ceará

Na manhã da última segunda-feira (6), os servidores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Sobral participaram da palestra ‘A ergonomia no trabalho e seus benefícios para a saúde e o bem-estar do trabalhador’. O evento, que aconteceu no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL)de Sobral, foi conduzido pelo fisioterapeuta Claudionor Júnior e o técnico de segurança do trabalho, Keyennes Holanda, do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST).

A atividade, que reuniu mais de 80 servidores, divididos em duas turmas, tratou de repassar dicas sobre ergonomia para os trabalhadores, a fim de minimizar doenças osteomusculares como Lesão por Esforço Repetitivo (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT).

 

Além das informações repassadas, os participantes tiveram um momento prático com ginástica laboral, demonstração das posturas corretas em distintos locais e atividades exercidas pelos funcionários do SAAE. A atividade foi uma parceria entre o SAAE, CDL e CEREST.

Fonte: Blog de Sobral

O aluno do Colégio Sobralense Maria de Lourdes de Vasconcelos, no distrito de Aracatiaçu, Edilson Freitas da Silva Filho, será um dos condutores da Tocha Olímpica, nesta quarta-feira (8), representando todas as crianças do mundo. Indicado pelo Unicef, em parceria com Rio 2016, Edilson simboliza a importância da educação integral na vida de cada menino e menina. 

O adolescente de 14 anos não consegue esconder a emoção de participar do maior evento esportivo do mundo. "Quando recebi a notícia, nem sabia o que representava. Mas, quando entendi o significado, fiquei muito feliz. É um momento único que eu dedico à minha avó: foi ela que cuidou da gente desde pequeno. E ela sofreu muito para eu estar aqui", conta Edilson.

 

Além de Edilson, outros cinco adolescentes brasileiros foram escolhidos pelo Unicef para realizar o sonho de conduzir a Tocha Olímpica representando todas as crianças do mundo, para lembrar a importância de se garantir o direito de todas as crianças e todos os adolescentes, sobretudo os mais vulneráveis, que vivem em situações de conflito e pobreza. 

Com o Colégio de Tempo Integral, inaugurado pelo Prefeito Veveu, em 2014, surgiram novas oportunidades para Edilson, que participa de atividades esportivas e tem disciplinas como Projeto de Vida, Formação Humana e Protagonismo Juvenil. "Aqui a gente aprende mais, porque é o dia todo, existem aulas diferenciadas, há mais tempo com os amigos, e eles dão espaço para a gente falar", afirma o aluno.

Para fortalecer as políticas públicas de educação integral e esporte, o UNICEF criou o Selo UNICEF Município Aprovado. O município de Sobral foi certificado em todas as seis edições do Selo UNICEF, certificação internacional que reconhece os esforços dos municípios do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira que mais avançam na superação das desigualdades que afetam a vida das crianças e dos adolescentes.

Fonte: Asscom do Unicef

Quarta, 08 Junho 2016 13:52

É hoje! Tocha Olímpica chega a Sobral

Após passar por Aracati, Aquiraz, Fortaleza, Caucaia, Itapajé, Irauçuba e Forquilha, a Tocha Olímpica chega a Sobral na tarde desta quarta-feira(8). No Município, o percurso da Tocha terá início na Boulevard do Arco. A Chama Olímpica percorrerá as principais vias e pontos históricos do Município, sendo carregada por 62 condutores em um percurso de 12 km, que encerrará na Margem Esquerda, com uma grande celebração conduzida pelo cantor Avnéh Vinny.

As vias e estacionamento ao longo do percurso do comboio irão passar por interdições e proibição de estacionamento.  Não haverá ponto facultativo e a ideia é que a tocha passe pela cidade em pleno funcionamento. As vias serão interditadas cerca de 20 minutos antes da chegada do comboio em cada local e liberadas assim que a comitiva passar. 

Ao todo, um efetivo de 300 homens, além da Policia Civil, Força Nacional, Policias Rodoviárias Estadual e Federal,  farão a segurança do comboio e dos espectadores durante todo o percurso. Haverá revistas com detectores de metais em todos os pontos de acesso do percurso. Também não será permitida a entrada na área do evento de pessoas portando qualquer objeto cortante ou perfurante, tais como, garrafas e copos de vidro.


Percurso

Saindo do Arco de Nossa Senhora de Fátima, a Tocha passará por pontos como o Theatro São João, seguindo pela Rua Menino Deus até a Avenida Dom José e, dali, para a Igreja do Patrocínio e retorna para o Centro de Sobral, marcando presença nas principais praças e Becco do Cotovelo. Sua rota segue do centro para a Prefeitura de Sobral e então para o Estádio do Junco pela Avenida Arimatéia Monte e Silva. O final de seu percurso por Sobral acontecerá então pelo Parque Silvana, Alto da Expectativa, Coração de Jesus e, por fim, a Tocha chegará na Margem Esquerda, onde acenderá a Pira Local e pernoitará.


Programação Cultural


A partir das 16h, a Margem Esquerda do Rio Acaraú será palco de diversas apresentações culturais como grupo de Bois e Reisados “A Lenda do Boi Diamante”, Os Cuequinhas, Banda Regional Arriégua, Grupo Pop Sound; atrações de patrocinadores e show, às 20h, com o cantor Avneh Vinnny.

Fonte: Blog de Sobral

Depois de oscilar nas primeiras rodadas da Série B do Brasileiro, o Ceará tem hoje a oportunidade de conquistar a terceira vitória seguida, embalar na competição e tentar uma vaga no G-4. Para isso, o Vovô precisa derrotar o Londrina, às 21h30min, no Castelão, e torcer que adversários em melhor situação na tabela não vençam seus jogos. 

Com os triunfos consecutivos em cima de Goiás e Sampaio Corrêa, o Ceará chegou aos 10 pontos e ocupa a 7ª colocação. As vitórias também garantiram confiança a um elenco que iniciou a competição sob críticas dos torcedores. Por isso, o objetivo alvinegro na 7ª rodada da Segundona é conquistar os três pontos em casa e garantir o apoio do seu torcedor para o decorrer da competição. Para entrar no G-4, o Ceará, além vencer o Londrina, torce para que pelo menos três de quatro clubes — Bahia, Brasil de Pelotas, Náutico e Avaí — tropecem.

O técnico Sérgio Soares deve repetir a escalação. O lateral direito Tiago Cametá, com uma lesão na coxa direita, segue fora. O meia Tomas Bastos, recuperado de dores no joelho, foi relacionado, mas deve começar no banco. Assim, o lateral Eduardo e o meia Zé Mário devem continuar atuando na equipe titular. O zagueiro Charles, que passou 17 dias longe de trabalhos com bola, fica à disposição do treinador e deve começar no banco.

O meia Felipe, destaque do time com três gols nos últimos três jogos, é uma das principais armas para a partida diante do Londrina. O atacante Rafael Costa, que alcançou no último sábado o jogo de número 50 com a camisa do Vovô — são 20 vitórias, 13 empates e 17 derrotas, com 25 gols e seis assistências —, também é esperança de gols.

“Vai ser parada dura. Eles estão invictos há cinco jogos e brigam também pelo acesso. Vencemos as duas últimas partidas e estamos motivados para entrar logo no grupo de acesso para a Série A. Por isso, temos que vencer”, frisou Rafael Costa.

Londrina

Com derrota apenas na sua estreia e vitória na última rodada, o Londrina também entra em campo motivado. Na 11ª colocação, o adversário do Vovô busca a primeira vitoria fora de casa, mas vem desfalcado: o zagueiro Sílvio, com dores musculares, não joga e dá lugar a Luizão.

TABELA
CEARÁ COMEÇA A RODADA EM 7º, COM DEZ PONTOS. LONDRINA É O 11º, COM NOVE

SÉRIE B 2016
CEARÁ
TÉCNICO: SÉRGIO SOARES
4-4-2: 
Éverson; Eduardo, Sandro, Antonio Carlos e Thallyson; Baraka, Richardson, Felipe e Zé Mário; Bill e Rafael Costa

LONDRINA
TÉCNICO: CLAUDIO TENCATI
4-3-3:
Marcelo Rangel; Igor Bosel, Matheus, Luizão e Léo Pelé; Germano, Julio Pacato (Zé Rafael) e Rafael Gava; Paulinho Moccelin, Jô e Keirrison
Estádio: Castelão - Fortaleza

Data: 7/6/2016 
Hora: 21h30min
Árbitro: Paulo Sergio Santos Moreira (MA)
Assistentes: Antonio Fernando de Sousa Santos (MA) e Ivanildo Gonçalves da Silva (MA)
Ingressos: R$ 30 (cadeiras inferiores), R$ 60 (especial) e R$ 120 (premium)
Transmissão: Premiere, Rádio O POVO / CBN (AM 1010 e FM 95.5.) e Tempo Real no Portal Esportes O POVO

Fonte: O Povo

O aumento dos preços de alimentos in natura e a alta de commodities como soja e milho tem impactado a inflação. A estimativa para os próximos meses é que também influencie nos preços de outros alimentos, já que o milho e a soja costumam serem utilizados em ração. Com isso, pode afetar os preços de carnes e ovos. 

Em 2016, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 3,25% até o mês de abril.  Sendo que no setor de alimentos, a alta foi quase o dobro, 5,79%. Em abril, os alimentos foram responsáveis por metade da alta geral. 

As frutas tiverem alta de 33,78% no 12 meses até abril. Somente neste ano, o preço do mamão subiu 80,90%, para uma alta média dos preços das frutas de 23,92%. E o preço da manga passou para 31,43%. Entre os motivos para a subida dos valores está as condições climáticas e o desvio da produção para o mercado externo, já que a alta da moeda norte-americana tornou o preço das frutas mais competitivo para as exportações. 

No caso da soja e do milho, o problema foi a seca que prejudicou as safras. No IPCA, o preço do fubá de milho subiu 9,85% no ano, ante variação de 5,79% de alimentos e de 3,85% do índice geral.

Os preços no atacado apontam que a inflação de alimentos provavelmente permanecerá. A alta de produtos agropecuários aumentou de abril para maio, segundo o Índice de Preços ao Produtor do IGP-M. 

As expectativas é de que o IPCA termine o ano em 7,1%, com uma alta de 11,1% dos preços de alimentos. Em quase dez anos, no período de janeiro de 2007 e abril de 2016, os preços de alimentos subiram 129%. Nesse mesmo período, a inflação medida pelo IPCA foi de 77,40%.

Fonte; O Povo

Durante todo o mês de junho, a Prefeitura de Sobral estará realizando a campanha ‘Nossa Água Nossa Vida’, em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no último domingo (5). Com o tema ‘Saúde e Cidade’, a campanha terá início nesta quinta-feira (9) com uma oficina de diálogos com a comunidade do bairro Cohab III, na Igreja Filadélfia de Cristo, a partir das 9h. Em seguida, a programação segue com encontros nos distritos de Jaibaras e Aracatiaçu, e nos bairros Centro, Junco, Alto Alegre e Alto da Brasília.

Vamos trabalhar a campanha 'Nossa Água Nossa Vida' em contato direto com a sociedade, conscientizando a população sobre a destinação correta da água, explorando nossa fauna e flora e estimulando as pessoas a manterem seus bairros e ruas limpas, livres de possíveis infestações do mosquito Aedes aegypit e repassando para as outras pessoas a importância da preservação ao meio ambiente”, destacou a secretária de Urbanismo, Patrimônio Histórico e Meio Ambiente, Gizella Gomes.

A programação da campanha ‘Nossa Água Nossa Vida’ conta com o apoio intersetorial de todas as secretarias e autarquias municipais. O objetivo do evento é sensibilizar a população sobre o uso racional da água, bem como a importância da preservação e conservação dos recursos hídricos e do meio ambiente.

Fonte: Blog de Sobral

Radio Popup

"

Temos 36 visitantes e Nenhum membro online